Vitorassi justifica a economia com o aumento de vereadores                                        

Share Button

A sessão da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu no dia 17 de novembro foi um tanto polemica por conta de dois projetos do vereador Dilto Vitorassi, o parlamentar propôs diminuir 15 assessores e aumentar de 15 para 19 o número de vereadores. Pessoas contrarias aos projetos, compareceram e protestaram.

A proposta foi aprovada em primeira discussão pela maioria dos parlamentares. Segundo o vereador, as ações trará representatividade com economia. Atualmente, esses cargos em comissão tem gerado um custo anual de R$ 1.864.227,00., O aumento de mais quatro cadeiras custará R$ 527.490,11. A extinção dos assessores subtraído pelo aumento de vereadores terá uma economia de R$ 1.336,737,53 valor que será devolvido para a prefeitura.