Saúde: ALEP vota em primeiro turno PL sobre as neurofibromatoses

Share Button

De autoria da deputada Claudia Pereira (PSC), o projeto de lei nº 530/2016, que inclui as neurofibromatoses entre as deficiências protegidas pelo Estatuto da Pessoa com Deficiência será votado em primeiro turno nesta semana pela a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

As neurofibromatoses, antes conhecidas como Doença de Von Recklinghausen, são causadas por uma síndrome genética rara que se manifesta desde o nascimento até aproximadamente os 30 anos de idade, e que provoca o crescimento anormal de tecido nervoso pelo corpo, formando pequenos tumores externos, chamados de neurofibromas.

A doença, de acordo com o texto da proposta, não tem cura, mas pode ser tratada com cirurgia e outros procedimentos.

Com informações da ALEP