Prefeitura de Foz do Iguaçu mantém diálogo democrático e transparente com empresariado

Share Button

A prefeitura de Foz do Iguaçu segue mantendo um bom diálogo com todos os segmentos da cidade. Nesta terça-feira (24), o prefeito, Chico Brasileiro, e o vice-prefeito, Nilton Bobato, estiveram recebendo no Paço Municipal, o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (ACIFI), Leandro Costa e demais integrantes da associação.

Durante o encontro, o prefeito apresentou algumas das ações que o município está realizando para promover as atividades empresariais na cidade. Democracia e transparência tem sido uma marca na relação entre a prefeitura e os setores privados.

Agindo de maneira técnica e responsável, a prefeitura tem adotado políticas permanentes de desburocratização. No início de 2017, por exemplo, a espera pela liberação de um alvará de funcionamento era de até três meses, tempo reduzido pela atual gestão para, no máximo, 15 dias. Com as novas diretrizes que estão sendo implantadas, o objetivo do município é que os alvarás sejam emitidos em no máximo três dias úteis após o pedido formal ser protocolado na Secretaria Municipal de Fazenda.
Para 2018, o prefeito anunciou que está sendo colocando no orçamento anual mais de R$ 2 milhões para serem investidos no Distrito Industrial e Empresarial da cidade. Com este investimento, problemas estruturais do local serão resolvidos e o distrito protagonizará uma verdadeira “alavanca” de geração de empregos.

No encontro, os empresários estiveram apresentando ao prefeito, sugestões de melhorias para a cidade. Entre os pedidos de aprimoramento nas ações estão: Estímulos a formalização de trabalhadores e empresas informais, desburocratização administrativa, melhorias no Distrito Industrial entre outros.

O prefeito Chico Brasileiro, enfatizou a importância de ter uma classe empresarial ativa e participativa: “Hoje tivemos uma reunião importantíssima, a partir dessas reuniões é que vamos construindo uma relação saudável, entre prefeitura e empresariado”, disse. Ainda de acordo o prefeito, os empresários são peças fundamentais para o desenvolvimento da cidade: “Nós não vamos desenvolver nossa cidade se não tiver o empresariado participando”, afirmou.

Segundo Chico Brasileiro, o município possui uma agenda positiva e permanente com os setores positivos da cidade, e a cada 30 dias pelos menos, governos e empresários estarão se reunindo para discutir ações.
Nas próximas semanas, a prefeitura e a Acifi estarão se reunindo novamente, para continuar discutindo o desenvolvimento da cidade.

PRESENÇAS – Participaram da reunião o secretário municipal da Fazenda, Erton René Neuhaus, membros da Acifi, Observatório Social e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Por: AMN