Por falta de provas, justiça manda soltar Tulio Bandeira

Share Button

Na tarde desta sexta-feira (23), o juiz Conrado Machado Simão, da Comarca de Brasnorte (MT) determinou a expedição do alvará de soltura do candidato a prefeito de Foz do Iguaçu, Tulio Bandeira (Pros). A Polícia Civil havia feito o pedido de prisão preventiva por meio do delegado Warner dos Santos Neves responsável pelas investigações, no entanto, o pedido foi negado pelo juiz.

Tulio foi preso no dia 14 de setembro sob a acusação de participar de um esquema ilegal no Estado do Mato Grosso. Por falta de provas de sua participação nas irregularidades, Tulio foi posto em liberdade.

A assessoria de Tulio Bandeira informou por telefone que “O advogado e candidato a prefeito de Foz (Pros), deve chegar nas próximas horas em Foz do Iguaçu para dar continuidade a campanha, e que o candidato se pronunciará sobre a prisão injusta e coberta de viés político.”