Nova empresa vai executar segunda fase da Operação Tapa Buraco em Foz

Share Button

A empresa Florenza, Comércio, Serviços e Consultoria Ltda foi a vencedora da licitação para a execução dos trabalhos na nova fase da Operação Tapa Buraco em Foz do Iguaçu. O valor do contrato será de R$ 1.183.200,16, abaixo do valor máximo de 1.499.000,00 estabelecido na disputa. Com quase cinco anos de atuação nos setor de Obras de Terraplanagem e outras construções, a empresa possui sede na cidade de Rio Branco do Sul, região metropolitana de Curitiba (PR).

A abertura dos envelopes ocorreu na manhã de terça-feira (4), no Departamento de Compras da Prefeitura, tendo como presidente da comissão de licitação o Diretor de Serviços e Manutenção, Geraldo Vieira do Nascimento. Segundo ele, os trabalhos devem começar já na próxima semana.

Ao todo, três empresas participaram do processo de licitação para essa fase da Operação Tapa Buraco. Uma foi desclassificada por vencimento do prazo estabelecido.

No estágio final restaram duas, sendo vencedora do processo a Florenza.

Os primeiros bairros a receberem os serviços de restauração e recuperação do asfalto serão a Vila C, Morumbi e Portal da Foz. Na sequência, os trabalhos continuam no Três Lagoas e Porto Meira. Serão três equipes espalhadas para os trabalhos na cidade.

Comparativo

Até o momento, no período de 18 de janeiro a 27 de março, foram utilizados 19.631,32 metros quadrados na Operação Tapa Buraco. Este total foi utilizado em 67 dias de atividade. O número é superior no comparativo com a operação realizada pela gestão anterior.

Na administração anterior, no período de 23 de agosto a 28 de novembro, totalizando 90 dias, neste caso 23 dias a mais do que a operação executada em 2017, foram tapados 9.409,59 metros quadrados.

A quantia de material usada também é superior em relação ao ano passado. Em 2016 foram utilizadas 878,74 toneladas de material contra 1.110,04 toneladas nos primeiros 67 dias deste ano.

Por: AMN