Mais de 11 mil pessoas atingidas pelas chuvas e quase 3 mil casas danificadas no Paraná

Share Button

Mais de 11 mil pessoas atingidas pelas chuvas e quase 3 mil casas danificadas

O novo boletim da Defesa Civil do Paraná divulgado na manhã desta segunda-feira (12) traz a informação que dezenove municípios foram atingidos pelas fortes chuvas que caem desde a quinta-feira. Ao todo são 11.504 pessoas afetadas e 2.828 casas danificadas.

As tempestades com ventos fortes e, em alguns casos, com granizo causaram ferimentos em 25 pessoas. Foram registradas 20 ocorrências e 22 pessoas foram obrigadas a abandonar as casas. A maioria conseguiu abrigo na casa de parentes. Outras dez necessitaram de abrigo em estabelecimentos dos municípios.

Ipiranga, na região dos Campos Gerais, foi o município mais fortemente atingido pelos temporais. Segundo a Defesa Civil, a cidade que possui uma população de 14.153 habitantes teve mais da metade dos moradores afetados pelas chuvas. São 7.148 moradores que de alguma forma passam por dificuldades. Foram muitos os estragos em 1780 moradias. 25 pessoas ficaram feridas, muitas no momento em que tentavam consertar telhados danificados.
Os prejuízos podem passar de R$ 32 milhões de reais segundo a prefeitura da cidade. O prefeito decretou estado de calamidade pública o que deverá ser usado para conseguir recursos para ajudar a consertar os estragos. O único hospital da cidade foi interditado e as unidades de saúde básica também foram atingidas.

Há uma mobilização grande para colaborar com a população que passa por dificuldades. O governador em exercício Ademar Traiano, que esteve na cidade, determinou o repasse de R$ 500 mil para a compra de medicamentos, insumos e outros equipamentos necessários para garantir o atendimento de saúde. A Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) recolhe donativos para as famílias atingidas pela chuva e outras entidades se mobilizam.

A Defesa Civil do Paraná registrou ocorrências também em Borrazópolis, Cafelândia, Cambé, Cascavel, Dois Vizinhos, Guarapuava, Irati, Juranda, Kaloré, Ouro Verde do Oeste, Pato Branco, Reserva do Iguaçu, Rio Negro, Santa Helena, São José das Palmeiras, Toledo e Umuarama.

Fonte: Paraná Portal