Itaipu abrirá as comportas das três calhas do vertedouro, no domingo (22)                      

Share Button
Itaipu abrirá as comportas das três calhas do vertedouro, no domingo (22)
Foto: Itaipu

Neste domingo (22), das 10h às 12h, os turistas que visitarem a usina de Itaipu terão uma oportunidade de assistir a uma cena rara. As comportas das três calhas do vertedouro da usina estarão abertas ao mesmo tempo. Por ali serão escoados 9 mil metros cúbicos de água por segundo (m³/s), o equivalente a seis vezes o volume médio da vazão das Cataratas do Iguaçu. Há possibilidade de esse vertimento ser ainda maior. A programação da vazão está sendo estimada com base na afluência do Rio Paraná, que não para de subir.

Normalmente a usina abre apenas uma calha. No máximo duas. Chove muito tanto a montante (acima) quanto a jusante (abaixo) da usina. Por causa do aumento do nível dos rios Iguaçu, onde ficam as Cataratas, e Paraná, onde está localizada a Itaipu, há risco de enchentes nos próximos dias em toda a região ribeirinha, especialmente na margem paraguaia. A Itaipu mantém uma Comissão de Cheia para monitorar a situação e fazer o alerta, se for necessário. O vertimento vem aumentando nos últimos dias.

A previsão de vertimento na usina é feita com base na afluência, água que a usina recebe das hidrelétricas acima dela, e chuvas localizadas sobre o reservatório de Itaipu e na sua bacia de contribuição. Mesmo com a capacidade de produção bastante alta, batendo recordes de geração horária, Itaipu precisa escoar o excedente que não usa para a geração de energia. O vertimento deve continuar pelo menos até a semana que vem inteira.

No Rio Iguaçu, que abriga as Cataratas do Iguaçu, também está chovendo. Nesta quinta-feira (19), a vazão chegou a 3.435 m³/s. A previsão para os próximos dias é de mais chuvas tanto nas bacias dos Rio Iguaçu quanto do Rio Paraná.

Por causa da elevação de vazão nos dois rios, a Comissão de Cheia da Itaipu foi reativada na quarta-feira (18), no final da tarde. A vazão afluente média ao reservatório de Itaipu nesta quinta-feira foi de 16 mil m³/s, com tendência de aumento. Na região da Ponte da Amizade, o nível do Rio Paraná não para de subir e atingiu, nesta quinta-feira, 110 metros.

A cota de alerta de cheia para o local é de 109,9 metros. A previsão para esta sexta-feira é de 112 metros. Com isso, podem ser afetadas 20 moradias no bairro San Rafael, em Ciudad del Este, no Paraguai.

Monitoramento

A Comissão de Cheia vai permanecer monitorando e avaliando a situação, com a divulgação de boletins permanentes de alertas hidrológicos com dados atualizados. Essas informações são compartilhadas com instituições competentes para que as medidas sejam adotadas de forma preventiva.

Fonte: JIE