GDE de Foz prende homem que matou amásia em Ponta Grossa

Share Button

No início da tarde desta quinta-feira (27), investigadores do Grupo de Diligênciais Especiais (GDE) realizaram a prisão em flagrante, pela prática do crime de homicídio qualificado pelo feminicídio (crime praticado contra pessoa do sexo feminino, em razão de condição de gênero), da pessoa de Anderson Barboza de Paula, 39 anos de idade.

O crime ocorreu na cidade de Ponta Grossa na madrugada desta quinta-feira. Segundo o próprio suspeito, amásio da vítima Juliana Silveira Nunes, 33 anos de idade, o casal que a aproximadamente 30 dias teria aberto um estabelecimento comercial “bar”, acabaram discutindo motivado pelo ciumes do suspeito.

No decorrer da discussão o autor acabou agredindo a vítima com um bastão de beisebol, e não satisfeito enforcou a vítima na sequência. Um levantamento preliminar, demonstra que Anderson Barboza deixou a cidade de Ponta Grossa logo após o crime.

Investigadores da polícia civil de Foz do Iguaçu tinha conhecimento do ocorrido, e realizaram algumas diligências nas imediações do bairro Jardim Jupira, quando acabaram por localizar um veículo Citroen/Xsara Picasso, placa MCN-1141 de Ponta Grossa, o condutor do veículo já estava na iminência de pegar um táxi para passar ao país vizinho, Paraguai, com a intenção de abandonar o veículo naquele bairro.

Diante dos fatos, fora realizado a abordagem do mesmo e após algumas perguntas questionando Anderson Barboza este entrou em contradição, vindo a confessar a prática do crime. A autoridade policial, Dr. Geraldo Evangelista lavrou o flagrante de Anderson Barboza, o qual deve ser encaminhado, posteriormente, a Cadeia Pública Laudemir Neves.

Por: Comunicação da Polícia Civil