Foz do Iguaçu terá voo direto para Londrina e Florianópolis                                        

Share Button
Foz do Iguaçu terá voo direto para Londrina e Florianópolis
Foto: Divulgação

Entre dezembro e fevereiro, período de alta temporada e férias, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras vai operar voos extras entre várias regiões do Brasil. Foz do Iguaçu ganha duas novas ligações diretas, com Florianópolis (SC) e com Londrina, no Norte do Paraná. Os voos extras domésticos serão operados pelos turboélices ATR 72-600, de 70 assentos. Parte das operações já foi aprovada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

“Nosso amplo estudo da malha aérea para o verãopermitirá à Azul ajustes de malha para oferecer as melhores opções de voos aos clientes que buscam aproveitar a alta temporada em qualquer região do país. Teremos rotas temporárias sazonais para a companhia, o que garantirá ainda maisc omodidade a quem embarca em nossas aeronaves. Além disso, estimularemos o turismo em regiões que dependem bastante deste setor para movimentar a economia”, afirma Marcelo Bento, diretor de Planejamento e Alianças da Azul.

Ao todo, mais de 4,5 mil operações complementares ligarão todas as regiões do país na alta temporada. A partir de Florianópolis, por exemplo, a Azul operará voos inéditos na história da aviação, com partidas para Passo Fundo, Maringá, Londrina e Foz do Iguaçu. Além disso, os seguintes novos mercados temporários da companhia estarão disponíveis: Londrina-Foz do Iguaçu, Belo Horizonte (Confins)-João Pessoa, Salvador-Natal, Salvador-Aracaju e Rio de Janeiro (Santos Dumont)-Salvador.

As frequências adicionais envolverão as seguintes cidades: São Paulo (Congonhas, Viracopos e Guarulhos), Salvador, Florianópolis, Caldas Novas, Natal, Maceió, Porto Seguro, Recife, Navegantes, Ilhéus, Bonito, Fortaleza, Aracaju, Teresina, Petrolina, Foz do Iguaçu, Belo Horizonte(Confins), João Pessoa, Vitória, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Cabo Frio, Manaus, Santarém, Tabatinga, Altamira, Belém, Parnaíba, Maringá, Londrina, Passo Fundo, Porto Alegre, Curitiba, Punta del Este (Uruguai) e Caiena (Guiana Francesa).

Fonte: Assessoria