Delegado Francisco Sampaio é homenageado pelos vereadores de Foz do Iguaçu

Share Button

Em reconhecimento e homenagem ao trabalho realizado no Projeto Esperança, que visa ressocialização de detentos, o Delegado Francisco Robson Sampaio recebeu Moção de Aplauso do Legislativo Iguaçuense. Quem entregou a placa da Moção foi o proponente, Vereador Marcio Rosa e o Presidente da Casa, Rogério Quadros (PTB).

A homenagem, Moção de Aplauso n° 03/2017, que foi entregue no início da sessão ordinária desta terça-feira, 06 de junho, foi prestigiada com a presença de diversas autoridades, dentre elas: Prefeito Chico Brasileiro, Deputado Estadual Delegado Rubens Recalcatti; Promotor Luiz Francisco Marchioratto; Mozart Fuchs – Delegado da Polícia Federal; Prefeito de São Miguel do Iguaçu- Claudiomiro Dutra; Edinei Gasparani – Prefeito de Itaipulândia.

O Prefeito Chico Brasileiro destacou e ressaltou “a grandeza em receber a honraria não está necessariamente em receber, mas em merecer e o Dr. Francisco Sampaio merece. Isso que ele faz pela sociedade, a grandeza de seu trabalho. A sociedade que busca seu destino encontra ações como essas como referência”.

O proponente da Moção de Aplauso, Vereador Marcio Rosa (PSD), foi à tribuna destacar a relevância da homenagem. “Precisamos que projetos como esse sejam exemplo e lembrar que segurança pública não se constrói apenas com força policial. O Brasil gasta 70 bilhões de reais em Segurança Pública. É um trabalho fantástico desenvolvido no Projeto Esperança, trabalhando todo o contexto da segurança pública. Desta forma, abrimos os olhos para o que muitas vezes fingimos que não vemos”.

Emocionado, após receber a placa da Moção de Aplauso e ser prestigiado por diversas autoridades, por membros da sua equipe, imprensa e público em geral que lotou o plenário da Câmara nesta manhã, o Delegado Francisco Sampaio, afirmou “se não fosse anuência da parte do Ministério Público esse projeto não existiria, preciso do aval deles para ir adiante, sou muito grato a todos. Sou fã do Dr.Noronha, que se deslocou de Curitiba até aqui. Eu queria que meus pais tivessem aqui, é muito difícil falar nesse momento. No fundo, eu só quero de coração agradecer a todos e a tudo que possibilitou que eu e minha equipe pudéssemos nesse dia de hoje receber esta homenagem. Preciso e dependo da confiança de todos para que esse projeto vá adiante. Minha ideia é levar isso adiante por todo tempo que eu estiver em São Miguel. A forma como fui acolhido por cada um aqui também me surpreende e tenho gratidão”. Ao final de sua fala, o Delegado agradeceu também à imprensa e a todos que marcaram presença.

Projeto Esperança

O objetivo principal do projeto, que existe desde 2015, é a ressocialização de detentos, oportunizando a eles aprendizado. Os detentos fabricam fraldas infantis, geriátricas, consertam cadeira de rodas e fazem cultivo de hortaliças. O projeto social conta também conta com apoio da Secretaria de Assistência Social do município de São Miguel do Iguaçu, do Provopar de São Miguel. O projeto sobrevive por meio de doações e parcerias. Todo material produzido por eles é destinados a escolas e a pessoas de baixo poder aquisitivo.

Por: Comunicação da CMFI