Cresce a visitação aos atrativos de Foz do Iguaçu

Share Button

Os números confirmam que Foz do Iguaçu é um dos principais destinos procurados por turistas em 2017. A visitação aos atrativos da cidade cresceu em comparação ao ano passado. O Parque Nacional do Iguaçu caminha para bater o recorde de movimento da história.

A unidade conservação, onde está localizada as Cataratas do Iguaçu, recebeu 1.451.357 pessoas de janeiro a outubro deste ano. O total é 15,4% superior ao acumulado no mesmo período do ano passado, quando 1.256.902 visitantes passaram pelo atrativo. A melhor marca foi alcançada em 2015 com 1.642.093 visitantes.

“O destino está em alta notadamente no cenário brasileiro devido ao bom trabalho de marketing e mídia positiva, sem contar com turismo regional, que responde muito melhor nos feriados prolongados. Esses fatores estão consolidando o crescimento da demanda ao Destino Iguaçu”, avalia o presidente do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), Felipe Gonzalez.
Faltando dois meses de acabar o ano, o Marco das Três Fronteiras já contabilizou quase o dobro de visitantes durante todo o ano passado. De janeiro a outubro passaram pela bilheteria 236.346 visitantes (95,5%) ante 109.055 em 2016. De janeiro a dezembro do ano passado, o atrativo recebeu 120.864 pessoas.

Para o gerente-geral do atrativo, Adélio Demeterko, esse aumento é resultado de muita divulgação, atendimento de qualidade, investimento em infraestrutura e atrações culturais oferecidas diariamente para turistas e moradores. “E mais melhorias estão previstas para 2018. A perspectiva é continuar crescendo com qualidade nos serviços aos nossos visitantes”, adianta Demeterko.

O volume de turistas que visitaram o Parque das Aves também obteve um aumento expressivo em 2017. A atração recebeu ao todo 687.268 pessoas de janeiro a outubro deste ano, representando um aumento de 12,45% com relação a 2016 (611.203).

Durante todo o ano passado, 746.043 visitaram o Parque. “Como em todos os atrativos de Foz do Iguaçu, em 2017 o Parque das Aves teve um crescimento na visitação em relação a 2016. No Parque esses números são o resultado de esforços consistentes para aproximar o visitante do trabalho que realizamos em conservação”, avalia a diretora administrativa do Parque, Jurema Fernandes.

Segundo a diretora, novas ações foram desenvolvidas para atrair ainda mais turistas. “Por exemplo, em julho deste ano abrimos uma janela na Sala de Filhotes, que já existe há muitos anos, e agora o público pode acompanhar o trabalho realizado ali. Além disso, temos uma pesquisa de satisfação e somos muito ativos nas mídias sociais, o que nos permite efetuar melhorias mais prontamente, refletindo em visitantes cada vez mais satisfeitos e que recomendam o Parque das Aves aos amigos e familiares”, acrescenta.

O Complexo Turístico Itaipu, que abrange atrações do lado brasileiro da usina e as visitas institucionais em ambas as margens (brasileira e paraguaia) recebeu até o momento 788.313 visitas. Enquanto que no mesmo período do ano passado a usina recebeu 779.084. Durante o ano passado, visitaram as atrações do Complexo Turístico 955.397 pessoas.

Por: AMN