Concluída primeira fase da revitalização do Marco das Três Fronteiras

Share Button

marco

O Complexo Turístico Marco das Américas, integrado pelo Marco das Três Fronteiras e, futuramente, pelo Espaço das Américas e mais uma série de novas atrações, abrirá suas portas aos turistas e moradores de Foz do Iguaçu a partir de terça-feira, 22 de dezembro, das 10h30 às 20h.

Os visitantes receberão uma infraestrutura básica integrada à natureza, com estacionamento, centro de visitantes, loja de lembranças, boteco Cabeza de Vaca e muitas melhorias, como: segurança, acesso, paisagismo e serviços de atendimento ao público.

A entrega da primeira fase de revitalização e ampliações na área do Marco das Três Fronteiras garante mais conforto e qualidade na visitação turística. Todo o processo de implantação da infraestrutura foi planejado para integrar e envolver mais as pessoas ao local e à natureza desse ponto geográfico singular no mundo.

O início das atividades do Complexo Turístico Marco das Américas representará mais zelo e cuidado com o Marco das Três Fronteiras, atrativo turístico histórico que simboliza o encontro de Brasil, Paraguai e Argentina.

O Complexo Turístico está apenas na primeira fase, mas os resultados já são muito significativos nas atrações, na economia local e na região do entorno do Marco das Três Fronteiras. Nesta primeira fase foram gerados 72 postos de trabalho e uma série de empregos indiretos, com um investimento superior a R$ 10 milhões até o momento.

Do local abandonado e pouco visitado nos últimos anos, o visitante tem agora a condição de contemplar as fronteiras dos países, o pôr do sol local, entre outras possibilidades, em um ambiente seguro e agradável.

O Grupo Cataratas, responsável pela concessão do atrativo, inicia com essa melhoria o resgate da visitação e valorização das atrações do local.

De acordo com Bruno Marques, presidente do Grupo Cataratas, esse foi apenas o primeiro passo da revitalização do Marco das Três Fronteiras. “Vamos fazer muito mais pelo Marco das Três Fronteiras, pelo Espaço das Américas e por todo este local. Queremos que o Complexo Turístico Marco das América seja um orgulho para moradores, turistas e uma referência. Implantaremos mais serviços e atrações para oferecer condições reais para as pessoas de todas as idades visitarem o local.”

Para o prefeito de Foz do Iguaçu, Reni Pereira, o Marco das Américas será um estratégico atrativo turístico do Brasil que já está mostrando muitos resultados. “Começamos um novo ciclo de crescimento e integração das fronteiras com geração de emprego e renda para Foz. Em breve será um dos lugares mais visitados do Brasil ”, destacou.

Conceito – O projeto Marco das Américas celebra a convergência entre diferentes culturas e povos, através de uma singela homenagem ao advento das Missões Jesuíticas nas Américas, fato histórico essencial para a compreensão do arranjo sócio-político-geográfico das províncias do sul do continente e do lançamento dos alicerces da sociedade latino-americana.

Através das mais modernas técnicas de Edutenimento (junção em doses exatas de Educação + Entretenimento) os visitantes terão acesso à emocionante saga das Missões Jesuíticas: um árduo trabalho dos jesuítas pioneiros que juntamente aos índios Guaranis que habitavam o território, construíram um bem-sucedido sistema social que integrou mais de 100.000 pessoas sobre uma ampla extensão de terras que hoje integram parte do Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.

Não se restringindo a ser apenas um parque turístico no formato costumeiramente trabalhado, o projeto Marco das Américas apresenta características de inovação singular baseadas em critérios específicos de concepção e desenvolvimento que resultarão em um Parque de Entretenimento Histórico-Cultural sem precedentes na América Latina.

Ingressos – Os moradores de Foz do Iguaçu terão gratuidade na visitação. Os iguaçuenses precisarão apenas apresentar um documento com foto e comprovante de residência da cidade. Os valores dos ingressos para os turistas e suas categorias devem ser oficializados em breve, pelo poder público municipal, órgão concedente do espaço.

Somos daqui – O Grupo Cataratas nasceu em Foz do Iguaçu (PR) no ano de 1999. Da experiência adquirida na Terra das Cataratas, a companhia conquistou um know-how singular no país na gestão de atrativos turísticos. Atualmente está presente no Parque Nacional do Iguaçu, Parque Nacional Marinho Fernando de Noronha e Parque Nacional da Tijuca, e tem a concessão do Aquário Marinho do Rio de Janeiro e do Aquário do Pantanal (Mato Grosso do Sul).

Por: AMN / Assessoria