Comissão de Defesa dos Direitos da Criança discute alterações que ampliam suas atribuições

Share Button

Os deputados da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente e do Idoso da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) discutiram nesta terça-feira (5) uma proposta de alteração no Regimento Interno da Casa que pode ampliar as atribuições da comissão técnica. O projeto de resolução nº 7/2017 propõe a inclusão da defesa dos direitos dos deficientes entre as prioridades do grupo.

O texto é de autoria da própria comissão que, de acordo com sua presidente, deputada Claudia Pereira (PSC), entende que as pessoas com deficiência precisam de muito mais apoio. “Um assunto pertinente, já que acabamos de comemorar a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência”, afirmou.

Outras deliberações – A Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente e do Idoso aprovou ainda nesta reunião os projetos de lei nº 341/2017, do deputado Tercílio Turini (PPS), que concede título de utilidade pública à Casa Acolhedora Mãe Senhora de Todos os Povos, de Londrina; e o nº 336/2017, do deputado Elio Rusch (DEM), que reconhece como de utilidade pública o Instituto Princesa Benedikte, de Curitiba.

Participaram da reunião os deputados Claudia Pereira (PSC), Maria Victoria (PP), Cristina Silvestri (PPS), Professor Lemos (PT), Marcio Nunes (PPL) e Anibelli Netto (PMDB).

Por: ALEP