Brasil encerra Pan-Americano Júnior Feminino como campeão de forma invicta

Share Button
Foto: AMN
Foto: AMN

A Seleção Júnior Feminina de Handebol terminou o Campeonato Pan-Americano da categoria, realizado em Foz do Iguaçu, com 100% de aproveitamento. Depois de conquistar o título de forma antecipada contra a Argentina, na última sexta-feira (18), o Brasil enfrentou o Uruguai na noite de sábado (19) e mostrou toda a sua força, vencendo as adversárias por 39 a 27 (23 a 10 no primeiro tempo). O evento, que foi disputado no Ginásio Costa Cavalcanti, contou com apoio da Prefeitura de Foz do Iguaçu e Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SMEL).

Com o título garantido, o técnico Daniel Suarez, o Cubano, utilizou por mais tempo as atletas que entraram menos em quadra durante o campeonato. Mesmo assim, o Brasil mostrou que tem elenco e não decepcionou. Priorizando as rápidas trocas de passes, a Seleção explorou os espaços na defesa adversária fechou o primeiro tempo em 23 a 10.

Ao contrário das demais partidas, o Uruguai não mostrou a raça de sempre e foi presa fácil para o Brasil também na segunda etapa. As brasileiras paravam o ataque das uruguaias com facilidade e criavam muitas chances no contra-ataque. Com o jogo na mão, a Seleção aproveitou as chances que teve e fechou o jogo em 39 a 27, terminando o Campeonato Pan-Americano de Foz do Iguaçu de forma invicta.

Pela primeira vez no comando da Seleção Júnior Feminina em uma competição oficial, o técnico Daniel Cubano agradeceu a oportunidade e o empenho das atletas. “Primeiramente queria agradecer a Confederação Brasileira de Handebol pelo convite, a cidade de Foz do Iguaçu por nos receber muito bem, a comissão técnica, as atletas e todos os envolvidos para que tudo isso desse certo. Conseguimos nossos dois objetivos que eram conquistar a vaga para o Mundial da Rússia e o título Pan-Americano. E fizemos isso jogando bem, o que é importante. Fiquei muito feliz por esse resultado no meu primeiro trabalho com a Seleção. Agora é comemorar e trabalhar ainda mais”, disse.

Além do título da competição, o Brasil também foi o destaque na eleição das melhores atletas do Pan-Americano de Foz do Iguaçu. A goleira Alice Silva ganhou como melhor da posição e armadora direita Bruna de Paula foi eleita a melhor jogadora do campeonato. A artilheira do Pan-Americano Júnior Feminino foi a armadora esquerda Fernanda Insfran, do Paraguai, com 35 gols marcados.

Confira todos os resultados:

Terça-feira (dia 15/03)

Uruguai 31 x 32 Chile
Argentina 40 x 13 Canadá
Brasil 38 x 18 Paraguai

Quarta-feira (dia 16/03)

Chile 23 x 33 Argentina
Paraguai 39 x 32 Uruguai
Canadá 8 x 43 Brasil

Quinta-feira (dia 17/03)

Uruguai 23 x 31 Argentina
Paraguai 36 x 23 Canadá
Brasil 33 x 21 Chile

Sexta-feira (dia 18/03)

Uruguai 26 x 24 Canadá
Chile 32 x 26 Paraguai
Argentina 25 x 27 Brasil

Sábado (dia 19/03)

Canadá 17 x 32 Chile
Argentina 29 x 18 Paraguai
Brasil 39 x 27 Uruguai

Fonte: AMN / Postado por: Wallace Zenaro