Acidentes fatais em rodovias federais caíram 17% em 2015

Share Button
Foto ilustrativa: Ivan Bueno
Foto ilustrativa: Ivan Bueno

O número de mortes em acidentes nas estradas caiu 17% em 2015, comparado ao ano anterior, registrando o menor índice desde 2007, segundo a Polícia Rodoviária Federal. A expectativa é de que a redução da letalidade nas rodovias federais seja constante e mantida neste ano. Nos feriados do Carnaval e da Páscoa, já foi observada diminuição de óbitos em 8,6% e 14,5%, respectivamente, na comparação com 2015.

Mesmo com uma frota de veículos ampliada em 120% na última década, passando de 39,2 milhões em 2004 para 86,7 milhões em 2014, as estatísticas de acidentes fatais vêm diminuindo a cada ano, aponta a PRF.

Para os especialistas, além da adoção de equipamentos de segurança nos carros, como freios ABS e airbags – obrigatórios em carros fabricados no país desde 2014, as melhorias nas pavimentações, sinalização e obras de duplicação, relacionadas ao programa de concessões de infraestrutura do governo federal, foram responsáveis pelo resultado progressivo de diminuição de óbitos nas estradas.

Apesar de, em números absolutos, a quantidade de vítimas ainda ser expressiva, somando 6.868 pessoas, os registros do ano passado mostram uma tendência de queda constatada acelerada desde 2012. Outros fatores que se somam às ações positivas são as sanções mais duras aplicadas aos motoristas que agem com imprudência. Exemplos disso são as multas relativas às ultrapassagens perigosas, como aquelas feitas pelo acostamento ou com invasão irregular do outro sentido da via, que tiveram aumento de até 900%, chegando a R$ 1.915,40, e passaram a ser consideradas gravíssimas.

Fonte: Paraná Portal / Postado por: Wallace Zenaro